Além do Físico

"Há mais coisas entre o céu e a terra do que supõe vossa vã filosofia"

Pesquisar





É hora de renascer, despertar para a vida renovada da Primavera! A luz triunfa sob as bençãos tríplices de Brigith e do pequeno Deus Sol. Disponibilizo para vocês o ritual que elaborei ano passado (com inspiração em fontes diversas) e a meditação que criei totalmente inspirado pela Deusa. Ele é destinado a pelo menos dua pessoas, mas pode ser adaptado, como sempre, para um praticante solitário. Espero que apreciem e já corram atrás dos preparativos para o ritual, que acontece no dia 1° de agosto. Lembrando que quem fez cruzes de Brigit ano passado, deve queimá-las no ritual deste ano, como parte da tradição.

Veja também os posts dos anos anteriores, com as correspondências do sabbat e outras sugestões de ritual:

* Imbolc: a Luz triunfa

* Poemas à Deusa Brigit

* Sabbat de Imbolc

 Ritual de Imbolc
DeviantART: ~Poucelette
=> Purificação pessoal e do ambiente; concentração e centralização.
— Esta é a festa da luz que cresce. Aquilo que nasceu durante o solstício começa a se manifestar e agora presenciamos o filho do sol crescer com vitalidade, à medida que os dias tornam-se visivelmente mais longos. Este é o tempo da individuação: dentro dos limites da espiral, cada um de nós acende a sua própria luz, e nos tornamos unicamente nós mesmos. É a época da iniciação, do começo, quando as sementes que, posteriormente, irão brotar e crescer começam a se espreguiçar no seu sono escuro. Encontramo-nos para dividir a luz da inspiração, que crescerá com o ano que cresce.

Vamos traçar o Círculo Mágico:
Traço este círculo mágico de poder para nos proteger durante este ritual, aqui nada entra sem ser chamado e nada sai sem ser liberado, as energias aqui convocadas são maximizadas pelo ato da magia, todos que aqui permanecerem estarão resguardados de todo mal. Em nome de Brigith, a Donzela do Fogo, consagro este local entre mundos, fora do tempo e fora espaço, para que as energias de Imbolc sejam aqui canalizadas. Que assim seja e que assim se faça!

Procedamos com a invocação dos cinco elementos [posições de cada elemento].


Leste:
Mensageiro vivaz
Mestre das encruzilhadas
Verão penetre suavemente
Em minha mente
Ser dourado sussurre
Navegante etéreo
Navegue do leste nas asas do vento.
É o Ar que chamo ao meu círculo,
e os Silfos para guardá-lo.

Sul:
Flor do deserto, vontade ardente
Crepite com energia sob minha pele
Leão vermelho rugindo
Pulsos acelerados
Vagando pelo sul
Estou aberto: venha.
Queimando meu ser, atiçando meu espírito
É o fogo que chamo ao meu ritual,
e as Salamandras para testemunhá-lo.
 
Oeste:
Guerreiro cinza pérola
Jornada espectral
Príncipe do crepúsculo
Navegando para oeste
Intuição, senhora do poente
Serpente ancestral do mar
Rainha perdida das águas crepusculares
Pés de prata venha silenciosamente.
É a Água que chamo à minha celebração,
e as Ondinas para dela participar.

Norte:
Mãe das montanhas, mãe das árvores,
Mãe da meia-noite, mãe da terra.
Raiz e folha e flor e espinho,
Venha até nós, venha até nós, dê-nos seu norte.
Escuridão desconhecida, touro negro,
Lua cheia e mistério incognoscível,
Legado hereditário sepultado, agora desperte!
É a Terra que invoco ao meu rito,
e os Gnomos para reconhecê-lo.
 

Centro:                     
Centelha divina, em meu ser brilha
Sutil, sublime, vivificador, extasiante
Mistério alquímico da Criação
Pulsar elétrico do meu coração
Fluido, etéreo, cálido, brilhante
Em meu espírito cantante,
Possa a Presença Oculta nos assistir,
Os nossos Ancestrais comungar
E o poder do Espírito aqui residir!
Vamos agora invocar os Deuses.


Invocação a Brighid

Brighid, invoco todo seu poder
Brighid, do fogo sagrado
Brighid, das águas cristalinas
Brighid, do altar consagrado.
Que o seu poder de moldar esteja em nós!

Brighid, aquela que cura e protege
Brighid, que inspira e transforma
Brighid, que cuida e consola
Brighid, que fertiliza a própria forma.
Que o seu poder de cura esteja em nós!

Brighid, Senhora dos bardos
Brighid, a chama tríplice da família
Brighid, a magia do povo encantado
Brighid, a eterna luz da sabedoria.
Que o seu poder de inspiração esteja em nós!

Brighid, que está acima de nós
Brighid, que está abaixo de nós
Brighid, que está em torno de nós
Abençoai-nos com os poderes do Céu, da Terra e do Mar!

Invocação ao Deus Sol Menino:

Oh brilhante Deus Solar,
Venha brilhar em nosso Círculo,
Dissipe as trevas e escuridão
Traga vigor e renovação!
Ensina-nos a cultivar a nossa luz interior e fazê-la crescer cada vez mais,
Fecunde os campos, faça as sementes brotar
Pois a Primavera está prestes a chegar
Oh, Menino da Luz, nós te invocamos para celebrar o seu triunfo sobre o Inverno!

O facilitador conduz um cântico de invocação e resposta – cada pessoa diz um verso e depois improvisa:

Fogo do coração,
Fogo da mente,
Fogo do lar,
Fogo do vento,
Fogo da arte,
Fogo fora do tempo!

Todos: — Ela brilha para todos, ela arde em todos!
(Repita. Linhas espontâneas podem ser inseridas.)
Quando o poder tiver sido elevado, acenda a vela central. Comece a dança espiral, cantando:

Ar move, Fogo Transforma, Água Forma, Terra Cura
E a Roda vai girando, vai girando
E a roda vai girando, vai...

Quando a dança se desembaraça e volta para o círculo, os tamborileiros adiantam-se e começam uma batida mais forte e frenética [no caso, um CD]. Um por um, cada membro do círculo apanha uma vela e acende-a no centro e, então, dança com ela acesa, elevando poder e concentrando-se na inspiração e criatividade que desejam para a próxima estação. Depois, um por um, colocam suas velas no caldeirão central de terra. Um cone de poder é elevado e concentrado no caldeirão.

Agora, todos se sentam e se preparam para o transe. O facilitador orienta:

Hoje celebramos Imbolc, quando a luz rompe a escuridão invernal, renovando as forças da Natureza como um todo. Vamos nos conectar com a Deusa Tríplice, para a qual este ritual é dedicado. Ela éBrigith, a Poetisa, que inspira os artistas e descortina os presságios do futuro;Ela é Brigith, a Curandeira, que domina as artes curativas das ervas; Ela é Brigith, a Ferreira, que forja armas e escudos para os guerreiros que lutam em seu nome.
Agora, inspire profundamente e relaxe. Deixe as tensões de seu corpo escorrerem terra abaixo. Faça com que sua respiração tranquilize sua mente e seu corpo... Deixe que seus pensamentos venham e vão... limpe sua mente de pensamentos inúteis.
Visualize a si próprio, de pé, numa planície verdejante, ensolarada e florida. Sinta a brisa suave que lhes acaricia e conforta, trazendo o aroma suave das flores. Caminhe um pouco. Agora veja que diante de você, o caminho se divide em três. Saiba que o caminho da esquerda o conduzirá até Brigith, a Poetisa. Siga por esse caminho se precisar de inspiração, criatividade ou um conselho para a próxima estação. O caminho do meio o levará até Brigith, a Curandeira. Ela curará qualquer ferida, seja de seu corpo, seu coração ou de sua alma. O caminho da direita o levará diante da presença de Brigith, a Ferreira. Escolha-o se precisar de uma arma forjada pela Deusa para afugentar os inimigos, ou de uma armadura para se proteger dos perigos.
Medite sobre o que é mais necessário para a sua vida neste momento e siga pelo caminho desejado.
Você encontrará a Poetisa sentada sob uma frondosa árvore, tocando uma música suave em sua harpa.
A Curandeira estará à beira de um bosque, entre as ervas que cultiva.
A Ferreira estará junto a uma montanha, dentro da qual tem a sua forja.
Qualquer que seja o aspecto da Deusa que escolha, converse o quanto quiser com ela. Seja sincero, diga-lhe seus desejos, metas, medos e receios. Peça-lhe humildemente a inspiração, a cura ou a bravura. Quando estiver pronto, despeça dela e volte pelo caminho que fez.


Vamos restaurar a nossa energia com o compartilhamento de alimento e bebida, mas antes devemos abençoá-los através do Grande Rito.

A facilitadora segura o cálice e o facilitador empunha o athame.
Ele diz: “O athame está para o masculino...”
Ela: “Assim como o cálice está para o feminino.”
Ambos: “Juntos eles são completos: Sol e Lua, Deus e Deusa, Dia e Noite, Céu e Mar, Homem e Mulher... Não há maior poder no mundo do que a união do amor. Abençoada seja!”.

Em seguida, ele corta o alimento com o athame ou faca consagrada dizendo:

“A semente da vida é despertada
Pelo calor do desejo do Sol.
Assim somos alimentados.
Que você nunca tenha fome!”

Ela abençoa a bebida dizendo:
“Da água toda a vida vem;
Para a água retornaremos.
Água compartilhada é vida compartilhada.
Que você nunca tenha sede!”

Membros do círculo partilham seu traba­lho criativo, poesia, canções, trabalhos de arte, narrativas, artesana­to. Aqueles que não possuem dons artísticos podem dividir algo sobre seus trabalhos, um plano que se materializou, uma boa ideia, um feito especial. A Deusa recebe agradecimentos por sua inspiração.
Agora, vamos nos despedir dos deuses e dos elementos, pois já estamos prontos para encerrar este rito.

“Deusa Tríplice, sob o nome de Brigit te invocamos e já é chegada a hora da despedida. Grande Senhora do Fogo, partis em paz, mas que tua essência continue em nosso coração. A chama da vela se apaga, mas a chama espiritual continua a queimar no interior de todos nós, iluminando o nosso caminho e despertando o nosso potencial, adeus Grande Mãe.”

“Deus Cornífero, jovem fecundador dos campos, despedimo-nos de Ti com gratidão pela Primavera que se aproxima. Graças a Ti a vida floresce novamente e nós nos renovamos interiormente. Adeus Jovem Deus Sol, parta para os bosques, mas que tua força e tua orientação nos acompanhem além deste Círculo.”

Espírito, obrigado por comparecer a este ritual e emprestar tua força neste círculo. Despedimos de ti com gratidão; seres de luz, voltem à tua morada em paz!
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Terra, obrigado por comparecer a este ritual e emprestar tua força neste círculo. Despedimos de ti com gratidão; gnomos e duendes, voltem à tua morada em paz!
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Água, obrigado por comparecer a este ritual e emprestar tua força neste círculo. Despedimos de ti com gratidão; ondinas e sereias, voltem à tua morada em paz!
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Fogo, obrigado por comparecer a este ritual e emprestar tua força neste círculo. Despedimos de ti com gratidão; salamandras, voltem à tua morada em paz!
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Ar, obrigado por comparecer a este ritual e emprestar tua força neste círculo. Despedimos de ti com gratidão; elfos e silfos, voltem à tua morada em paz!

Os elementos foram dispensados e agora abrirei o círculo mágico.

Abro este círculo mágico de poder que nos protegeu durante este ritual. As energias aqui convocadas agora são liberadas para o Universo, os seres voltam às tuas moradas e a atmosfera mágica se dissipa. Que assim seja e que assim se faça!

DeviantART: ~TearOfIsis


1 comentários:

Adorei o ritual
Feliz Imbolc para vcs!! Abençoados sejam!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Advertência

O uso das técnicas, rituais e conhecimentos adquiridos no Além do Físico é de responsabilidade única e exclusivamente sua, caro leitor. Não me responsabilizo, em nenhum nível, pela má utilização de tais ferramentas mágicas e espirituais.

Quem sou eu

Minha foto
Faço Psicologia na USP, tenho 22 anos, sou bruxo, magista e médium, sempre em busca das verdades espirituais. Encontro prazer imenso na leitura, que nos possibilita viajar através de dimensões, espaço e tempo num folhear de páginas.

Postagens populares

Seguidores

Visitas

Qual a sua relação com o Mundo Não-Físico?

Google Analytics Alternative