Além do Físico

"Há mais coisas entre o céu e a terra do que supõe vossa vã filosofia"

Pesquisar





Aproveitando o gancho do post anterior, confiram agora como é a organização do Círculo Mágico Egípcio, de acordo com Janet e Stewart Farrar, publicado no livro "O Deus dos Magos". Você pode aproveitar e unir as duas práticas: o círculo mágico e executar o Ritual de Despertar de Ísis dentro dele.



Os templos egípcios eram retangulares; o altar ficava no leste. Nunca foi encontrado neles nenhum objeto de ferro.
A relação dos elementos com os pontos cardeais era diferente da prática da bruxaria ocidental e do ocultismo, e seguia o ambiente egípcio: Fogo no Leste (o sol nascente); Ar no Oeste (céu do deserto); Água no Sul (onde o Nilo começa); Terra ao Norte (para onde o Nilo leva fertilidade). As divindades guardiãs eram Neith e Duamutef (Leste), Selket e Qebesenuf (Oeste), Ísis e Imset(Sul) e Néftis e Hapy (Norte).
Os sacerdotes usavam saiotes até os joelhos. As sacerdotisas usavam saias longas e mantinham os seios nus  e sustentados por alças que eram paralelas nas costas e se encontravam na frente. Uns e outros andavam descalços e geralmente usavam no pescoço um peitoral circular decorado, além de braceletes nos pulsos e às vezes perto das axilas, assim como nos calcanhares.


O Ritual de Abertura


Este ritual exige o Sacerdote, a Sacerdotisa e mais quatro pessoas, embora possa ser realizado só pelo Sacerdote e Sacerdotisa (Ao contrário do ritual Wiccan, não há motivo para o Sacerdote e a Sacerdotisa não trocarem os papéis mencionados abaixo, se quiserem.)


O altar contém um símbolo Ankh, três velas acesas e uma vasilha com um ovo inteiro para o sacrifício. Pode haver outras velas nos outros três pontos cardeais ou onde for necessário iluminar.


Uma pessoa fica em pé no Norte (pela Terra), segurando uma tigela contendo sal; outra fica no Sul (pela Água), segurando uma tigela de água; outra fica no Oeste (pelo Ar), segurando um sistro ou um sino; e a outra, ao lado do altar, no Leste (pelo Fogo), com uma vela acesa na mão. Se só o Sacerdote e a Sacerdotisa estiverem trabalhando, esses objetos devem ser colocados nos quatro quadrantes.


O Sacerdote e a Sacerdotisa ficam de frente para o altar. Ele diz:


"Sayga oodan!" (Silêncio para a oferenda!)


Ela diz:


"Natara di zeem a Koeten." (Que o deus abençoe nosso ritual.)


(A pronúncia da palavra Koetan é "cuten". Se o ritual for para uma deusa, a palavra Natara deve ser substituída por Natarat.)


O Sacerdote segura a vasilha com o ovo e a Sacerdotisa quebra-o na vasilha. Ela apanha a tigela de sal e percorre a circunferência no sentido do movimento do Sol, salpicando um pouco de sal enquanto caminha {isso significa que o ritual é feito horário no Hemisfério Norte e anti-horário no Hemisfério Sul.}. Enquanto isso, o Sacerdote diz:


"Néftis, deusa do Norte, senhor Hapy, Filho Real de Hórus, Deus da Terra e Senhor do Norte, zelador e guardião dos pulmões, com o salpicar deste sal sagrado, fertiliza e santifica este solo sagrado com o teu ser para que possamos ser fortes em tudo."
                                               Deusa Néftis                                    Deus Hapi

Depois de completar o circuito de norte a norte, a Sacerdotisa dirige-se ao altar, onde coloca a tigela com sal. Depois dirige-se para o Sul e apanha a tigela de água. Percorre a circunferência no sentido do movimento do Sol, borrifando um pouco de água enquanto caminha. Enquanto isso o Sacerdote diz:


"Ísis, Senhora do Sul; Senhor Imset, Deus da Água do Sul, zelador e guardião do fígado; com o borrifar desta água sagrada, santifica e purifica de todas as impurezas e vaidades dos homens este santuário sagrado."

                                              Deusa Ísis                               Deus Imset

             
Depois de completar o circuito de sul a sul, a Sacerdotisa se dirige para o altar, onde deposita a tigela com água. Depois vai para o Oeste e apanha o sistro ou o sino. Percorre a circunferência no sentido do movimento do Sol, sacudindo o instrumento. Enquanto isso, o Sacerdote diz:


"Selkhet, Senhora do Oeste; Senhor Qebehsenuf, Deus do Ar e Senhor do Oeste, zelador e guardião dos intestinos; com a perturbação do ar que esta música provoca, desce do teu ponto cardeal, purifica e santifica a área deste santuário sagrado."

                       A Deusa-Escorpião Selkhet                     O Deus Qebesenuf




Depois de completar o circuito de oeste a oeste, a Sacerdotisa dirige-se ao altar, onde deposita o sistro ou o sino. Depois apanha a vela acesa e percorre com ela a circunferência no sentido do movimento do Sol. Enquanto isso, o Sacerdote diz:


"Neith, Senhora do Leste; Senhor Duamutef, Deus do Fogo e Senhor do Leste, zelador e guardião do estômago; com a queima deste fogo ritual, que é o elemento que tudo consome, santifica e purifica este templo de todas as violações."

                                               A Deusa Neith                        O Deus Duamutef


Depois de completar o percurso de leste a leste, a Sacerdotisa repõe a vela acesa no altar e fica de pé ao lado do Sacerdote. Nesse momento, o ritual principal pode começar.


Os Quatro Filhos de Hórus
As quatro Deusas protegem os canopos de Tutancâmon


Como Fechar o Templo


Ao contrário do círculo Wiccan, o templo egípcio não é "banido" no fim do ritual; é deixado e se dispersa por conta própria.

--------

E ainda encontrei essa meditação com a Deusa Ísis, para você complementar ainda mais o seu ritual. É do site da Abrawicca, confira aqui.

4 comentários:

Legal, mas se o ritual for feito aqui no Hemisferio Sul, as posiçoes dos elementos devem ser iguais as do texto ou as que estamos acostumados? BB!

É melhor seguir as posições indicadas no ritual, porque ele está conectado com uma egrégora específica, com os poderes elementais fundamentados nestas direções.
É a mesma coisa de fazer o Ritual Menor do Pentagrama: você deve seguir as direções estabelecidas. Caso fosse um ritual seu, eclético, você poderia optar em se conectar com a egrégora daqui, ou de outro lugar/sistema.

Hello! Your post rocks also as getting a reputable wonderful fully grasp!
??
I can??t truly help but appreciate your weblog web-site,
your website is adorable and good
My spouse and I stumbled over right here various
site and believed I ought to examine points out.
I like what I see so i am just subsequent you. Look ahead to exploring your net webpage but
once again.
Take a look at my blog post - free iphone

Olá, posso realizar o ritual sozinho, sem os quatro membros e sem ser sacerdote?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Advertência

O uso das técnicas, rituais e conhecimentos adquiridos no Além do Físico é de responsabilidade única e exclusivamente sua, caro leitor. Não me responsabilizo, em nenhum nível, pela má utilização de tais ferramentas mágicas e espirituais.

Quem sou eu

Minha foto
Faço Psicologia na USP, tenho 22 anos, sou bruxo, magista e médium, sempre em busca das verdades espirituais. Encontro prazer imenso na leitura, que nos possibilita viajar através de dimensões, espaço e tempo num folhear de páginas.

Postagens populares

Seguidores

Visitas

Qual a sua relação com o Mundo Não-Físico?

Google Analytics Alternative