Além do Físico

"Há mais coisas entre o céu e a terra do que supõe vossa vã filosofia"

Pesquisar





 Selecionei para vocês alguns trechos de livros e autores famosos no campo espiritualista e ocultista sobre o vegetarianismo. Com base nisso, defendo a minha opinião ao fim do post, e convido-vos a tirarem as suas conclusões.

Contras

" A propaganda muito difundida da Sociedade Teosófica fez com que o vegetarianismo fosse visto corno um sine qua non (do latim: "sem o qual não pode deixar de ser") do treinamento ocultista.Isso, contudo, não é verdade. A Tradição Esotérica ocidental não inclui o vegetarianismo como parte de seu sistema, mas ensina que um homem deveria comer frugalmente e moderadamente os alimentos da terra em que se acha. Pessoalmente, estou propensa a pensar que ocultismo e vegetarianismo podem constituir uma mistura insensata para um europeu, tendo como conseqüência uma super-sensibilidade que torna a vida muito difícil em nossa árdua civilização.O vegetarianismo deve ser absolutamente bem compreendido e extremamente bem realizado para ser bem sucedido, e mesmo assim há muitas pessoas que são incapazes de digerir as proteínas vegetais, que não são tão facilmente assimiláveis quanto as substâncias animais. Nada a não ser a experiência pode mostrar se uma dieta vegetariana se adapta a uma dada pessoa."
Dion Fortune, Autodefesa Psíquica

"Toda espécie viva luta pelo seu autoaperfeiçoamento. Sem dúvida, a ingestão de carne bovina introduz certas vibrações de ordem mais pesada em nossa psique. Mas isto nos permite viver e atuar em ambientes onde o vegetarianismo só conduziria à intolerância ou à impotência. Por outro lado, a nossa ingestão de carne bovina provÊ um elo magnético entre uma espécie mais evoluída (a nossa) e uma menos evoluída, o que introduz nossa gama vibratória na atmosfera psíquica da espécie cuja carne ingerimos. Esta interação beneficia a evolução da espécie de que nos alimentamos. É por este motivo (entre outros) que pessoas vegetarianas por “motivos morais”, e não apenas por necessidade dietéticas, são tolas e egoístas. "
Marcelo Ramos Motta, Ataque e Defesa Astral

Pró, com ressalvas


"Quando a ascese, sob forma de dieta, serve para libertar o corpo de diversas mazelas a impurezas, além de eliminar doenças a equilibrar desarmonias, então a sua utilização é correta. Mas de qualquer maneira devemos protegê-la de todo o exagero. Quando alguém trabalha duro, fisicamente, é uma loucura suspender a alimentação necessária à manutenção do corpo, só por causa da ioga ou algum outro exercício místico. Tais extremos levam inevitavelmente a danos de saúde de graves conseqüências.
O vegetarianismo, na medida em que não é usado como meio para um fim, como p.e. para a purificação do corpo, não é imprescindível para a evolução ou o progresso espiritual. Uma abstenção temporária de carne ou de alimentos de origem animal pode ser adotada só para determinadas operações mágicas, a também como preparação, mas só por um certo período de tempo. A mesma coisa vale para a abstenção de relações sexuais.
A idéia de que alguém possa assimilar características animalescas através da ingestão de carne é uma grande tolice a tem origem em uma linha espiritualista que não conhece as verdadeiras leis. O mago não deve dar atenção a esses conceitos. Para o seu desenvolvimento mágico-místico o mago deve somente manter uma certa moderação na comida a na bebida a ter um modo de vida sensato. Não há a determinação de prescrições exatas nesse caso, pois a escolha do modo de vida mágico é totalmente individual. "
Franz Bardon, Iniciação ao Hermetismo

Prós


"Comer carne muda o padrão vibratório das pessoas. É uma das razões pelas quais os médiuns em terreiros/centros espíritas não podem comar carne 24/48h antes das giras/sessões, o pessoal do Pró-Vida fica uma semana sem comer carne durante os cursos ou neófitos em xamanismo/ordens iniciáticas sérias ficam vegetarianos até uma semana antes das iniciações. Estar vegetariano facilita projeção astral, visualização do templo astral e sentir qualquer tipo de energia que seja “não-você”."
Marcelo Del Debbio, Teoria da Conspiração

 "[...] a glutonice, a pândega e o carnivorismo acumulam carga vital ordinária sobre o chakra esplênico, na região do baço, e tornam o sangue impuro [...]
Os homens ainda poderiam gozar de alguns conceitos favoráveis junto à Administração Sideral, mesmo alimentando-se de carne, caso o fizessem exclusivamente da caça de aves e animais selvagens, cujo psiquismo primário ainda não os perturba na morte súbita, porque estão vinculados a um Espírito-Grupo. Mas eles agravam suas culpas, porque além de mistificarem os infelizes irmãos menores através de uma assistência aparentemente fraterna, à base de antibióticos, vacinas, rações especializadas e cuidados quase maternaism depois os devoram impiedosamente sob as mais requintadas formas de cozidos e assados!
Algumas espécies animais, como o cão, camelo, elefante, carneiro, macaco, gato e principalmente o cavalo, já possuem o corpo astral, que lhes permite dar vazão a emoções e sentimentos a caminho de humanização.
[...] o psiquismo do homem futuro também necessitou da base animal, para despertar e desenvolver o sentimento e a razão.
Em consequência, se o homem mata prematuramente e devora o animal, ele também elimina no mundo físico a possibilidade de outras almas virginais iniciarem a sua marcha consciencial sob os estímulos instintivos, mas criadores, do psiquismo inferior. [...] é obrigação do homem proteger e ajudar o animal na sua escalonada evolutiva, antes de transformá-lo em matéria-prima para a sua glutonice insaciável."
Ramatís, Magia de Redenção

Podem estes corpos superiores do homem de algum modo ser afetados pela comida que entra no corpo físico com o qual säo täo intimamente ligados? Certamente que podem, e pela seguinte razäo: a matéria física no homem está em contato íntimo com as matérias astral e mental — tanto que cada uma é em grande extensäo uma contraparte da outra. Há muitos tipos e graus de densidade entre a matéria astral, por exemplo, de modo que é possível para um homem ter um corpo astral construído de matéria grosseira e partículas densas, enquanto que outro pode ter um que seja muito mais delicado e refinado. Como o corpo astral é o veículo das emoçöes, paixöes e sensaçöes, segue-se que o homem cujo corpo astral é do tipo mais grosseiro será principalmente dado às variedades mais rudes de paixäo e emoçäo; enquanto que o homem que tem um corpo astral mais fino descobrirá que suas partículas vibram mais prontamente em resposta a emoçöes e aspiraçöes mais altas e refinadas. O homem que portanto assimila matéria grosseira e indesejável em seu corpo físico está por conseguinte introduzindo em seu corpo astral - como sua contraparte - matéria de um tipo mais baixo e desagradável.
Todos nós sabemos que no plano físico o efeito da condescendência excessiva para com carne morta é produzir uma aparência excessivamente grosseira no homem. Isto näo significa que é só o corpo físico que está em uma situaçäo desagradável. Significa também que aquelas partes do homem que säo invisíveis à nossa visäo comum, os corpos astral e mental, também näo estäo em boas condiçöes. Assim um homem que está construindo para si um corpo físico grosseiro e impuro está construindo para si ao mesmo tempo também corpos astral e mental igualmente impuros.
[...]
Mesmo o corpo físico e suas percepçöes sensoriais jamais podem estar em seu melhor estado a näo ser que a comida seja pura. Qualquer um que adote a dieta vegetariana rapidamente começará a notar que seu sentido do paladar ou do olfato ficam muito mais aguçados do que quando se alimentava de carne, e que agora é capaz de distinguir uma delicada diferença de sabor na comida que antes ele considerava insípida, como o arroz e o trigo.
O mesmo é verdade em ainda maior extensäo a respeito dos corpos superiores. Seus sentidos näo podem ser claros se é introduzida neles matéria impura ou grosseira; qualquer coisa desta natureza os embaraça e embota, de modo que se torna mais difícil para alma usá-los. É um fato que tem sido sempre reconhecido pelo estudante de ocultismo; você descobrirá que todos os que em dias antigos foram admitidos nos Mistérios eram homens da mais alta pureza, e é claro invariavelmente vegetarianos. A dieta carnívora é fatal a qualquer coisa semelhante a um desenvolvimento real, e os que a adotam estäo colocando sérias e desnecessárias dificuldades em seu próprio caminho.
[...]
Se, ao introduzir impurezas repugnantes no corpo físico, o homem constrói para si um corpo astral grosseiro e poluído, temos de lembrar que é neste veículo degradado que teremos de passar a primeira parte de nossa vida após a morte. Por causa da matéria grosseira que ele introduziu, todo o tipo de entidades desagradáveis seräo atraídas para associarem-se com ele e faräo deste veículo sua casa, e encontraräo uma pronta resposta nele às suas paixöes mais baixas.
 C.W. Leadbeater e Annie Besant, Vegetarianismo e ocultismo

^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^^
Como puderam ver, não há consenso. Há prós e contras, de acordo com cada ponto de vista. 
Eu pessoalmente, sou ovolactovegetariano, como ovos, leite e derivados, mas nenhuma espécie de carne. Sinto-me bem assim, as refeições são mais leves, as energias de meu corpo astral são mais sutis, embora eu não tenha sentido muita diferença nas práticas meditativas, já tinha sonhos bastante claros e uma boa concentração. Mas fiquei muito mais sensível às energias exteriores, captando qualquer coisa ao meu redor. Realmente, senti que o meu olfato e paladar ficaram mais aguçados.
Compartilho a maior parte da opinião dos três últimos autores, principalmente no que se refere ao pós-vida. Acredito que uma alimentação vegetariana, abrevie os processos de purificação forçados que se passa no astral, como os banhos em lama ácida, e que estou acelerando o desenvolvimento dos corpos mais sutis. Também tenho interesse nos possíveis benefícios na prática de projeção astral, mas que ainda não pude comprovar. Acredito que o consumo de carne traga energia densa para a aura, abaixando a sua frequênica vibratória e ativando exageradamente os três chakras inferiores (o que inclusive já pude perceber, psiquicamente). Ademais, não consigo tolerar a morte de animais por qualquer motivo.

Gostaria que vocês explicitassem as suas opiniões, tendo em vista os argumentos dos autores aqui publicados.
Hudson de Pádua Lima

2 comentários:

Eu só como carne branca desde muito pequena, pois tenho sou alérgica à carne vermelha e à lactose...
E nem posso pensar em parar, com a quantidade de atividades físicas que faço :/

Olá.

Qnto a questão do q pode ou n ajudar não tenho conhecimento pois desde q comecei a buscar sobre ocultismo já vinha mudando minha alimentação (sem ter relação com crenças, apenas por consciência). Mas acredito q hj estamos em outra época e mtas situações q ocorrem hj n ocorriam antigamente, na época de outros praticantes de magia. E além da questão da influencia em si na prática, antes o que estaria em debate com relação aos animais era mais a morte deles, hj mais do q isso, devemos pensar na maneira inescrupulosa q a indústria os explora na maior parte das situações e da contribuição com a degradação do meio ambiente.

Parar de comer carne é um grande atitude, mas creio q se a intenção tem a ver com consciência e amor aos animais, pouco adianta parar de comer carne e colocar lei e ovos em tudo (mtos fazem isso)... Pra mtos pode ser radical, mas a verdade é q hj em dia n há como negar a maneira cruel q os animais são confinados e tratados n somente para o abate direto, mas tb pra produção de leites e ovos. E esses, depois qndo n "servirem" mais, tb serão abatidas... Fora q o leite q a vaca gera é pq ela teve filhote (e vão ser abatidos posteriormente, isso n vão para ser feita vitela). Ainda tem os problemas ecológicos igualmente cruéis e mtos mais graves q o plantio apenas. A soja q vem destruindo a amazônia n é pra vegetarianos, mas pra alimentar gado principalmente q depois vai gerar mto menos alimento do a gastou pra ficar vivo (q poderia ir para humanos diretamente e se fosse assim, n se gastaria terra plantando só soja e milho).

Sugiro o doc "A carne é fraca" para maiores esclarecimentos. N tenho a ilusão de que todos se tornarão vegetarianos ou veganos (eu mesma ainda como peixe às vezes, única coisa animal, nem ovos nem leite, ovos de galinha de casa até comi esses dias, mas n me baseio nessa dependência), mas acho fundamental a reflexão a respeito como ampliação da consciência. Seja pelos animais, seja pelo meio ambiente (aí envolve tb animais, mas os nativos e tb a degradação do meio ambiente). Mas acredito q as pessoas deveriam ao menos diminuir o consumo e mesmo os vegetarianos, buscarem sempre qndo possível opção vegana, evitando ovos e leites, se n contribuem da mesma maneira pro q dizem ser contra. Pra mim, levar em conta o q acontece nesse mundo e tudo q contribuímos nele (de bom ou n), é a verdadeira evolução.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Advertência

O uso das técnicas, rituais e conhecimentos adquiridos no Além do Físico é de responsabilidade única e exclusivamente sua, caro leitor. Não me responsabilizo, em nenhum nível, pela má utilização de tais ferramentas mágicas e espirituais.

Quem sou eu

Minha foto
Faço Psicologia na USP, tenho 22 anos, sou bruxo, magista e médium, sempre em busca das verdades espirituais. Encontro prazer imenso na leitura, que nos possibilita viajar através de dimensões, espaço e tempo num folhear de páginas.

Postagens populares

Seguidores

Visitas

Qual a sua relação com o Mundo Não-Físico?

Google Analytics Alternative