Além do Físico

"Há mais coisas entre o céu e a terra do que supõe vossa vã filosofia"

Pesquisar





Geralmente se pensa que adivinhação é a previsão de acontecimentos futuros por meio de vários instrumentos, tais como cristais, cartas de tarô, runas e outros. Na bruxaria, vemos a adivinhação como a previsão daquilo que tem possibilidade de acontecer, se nada mudar os padrões que se formam no momento presente. Um bruxo não acredita que eventos futuros são fixados no tempo e no espaço, acreditamos que o papel da adivinhação é prever o resultado dos padrões que se formam, permitindo que possamos fazer as mudanças necessárias para alterar os resultados possíveis. Esses padrões são formados no plano astral.

O material da dimensão astral é conhecido como luz astral. Pode ser moldado e modelado como argila pelas energias de nossos pensamentos e emoções. É nessa substância etérea que criamos as formas-pensamento que servem de canal para forças mais elevadas. Esse material não só é influenciado pelas emanações da dimensão física como também pelas dos planos mais elevados, inclusive os planos Divino e Espiritual. Dessa forma, situações e eventos originados acima se formam no plano astral, vindo a se manifestar então na dimensão física (a não ser que outra energia altere essa forma de algum modo). É aí que a arte da adivinhação tem base na ciência metafísica. Se uma pessoa pode acessar imagens em formação no plano astral, poderá então compreender o que está prestes a se manifestar no plano físico.

Devemos compreender, no entanto, que a adivinhação é simplesmente a previsão de eventos que se encaminham para a sua manifestação. As imagens astais que animam esses eventos podem ser alteradas pelo fluxo constante de correntes que passam pela dimensão astral. Desse modo, o que realmente vemos na adivinhação é o que virá a ocorrer, se os padrões não forem alterados. Nada, segundo os Ensinamentos Misteriosos, é fixado no tempo, nada irá inevitavelmente acontecer em nossas vidas apesar de nossas tentativas (a não ser, é claro, a morte de nossos corpos físicos). Entretanto, os eventos mais importantes de nossas vidas são parte do padrão impresso em nossos espíritos quando nossas almas nascem na carne. Essa é a base metafísica da Astrologia, a chamada Impressão Estelar. Nosso mapa natal pode apresentar os principais padrões estabelecidos para nós em nossa existência física, bem como as forças e fraquezas de nosso estados espiritual. Podemos trabalhar a favor ou contra esses padrões, pois possuímos livre-arbítrio.

As primeiras formas de adivinhação utilizavam os elementos da natureza para prever a formação de padrões, como a forma das nuvens, o voo dos pássaros, a chama de uma fogueira, o cair das folhas... O homem encontrava-se em profunda comunhão com o meio e não precisava de grandes cerimônias ou estados de transe para perceber o que os elementos claramente lhe falavam. Com a necessidade de desenvolver a mente lógica e o raciocínio, os poderes psíquicos adormeceram e foram esquecidos por muitos.

Os oráculos e sistemas divinatórios são utilizados para despertar estes poderes e então acessar a dimensão astral e captar as imagens que ali se formam. O mundo astral é semelhante, e de certa forma, correspondente ao mundo dos sonhos, assim, as informações se manifestam através de símbolos, os quais operam na mente subconsciente do vidente. Para tanto, é necessário um estado de relaxamento profundo, para que as limitações da mente consciente sejam suprimidas, e os símbolos sejam interpretados pela intuição. 
O conhecimento prévio do significado geral dos símbolos obviamente é importante, mas o bruxo ou vidente não deve se prender a eles. Com a prática e desenvolvimento da sensibilidade psíquica, mensagens cada vez mais claras serão recebidas.
Quando se usa o termo divinação, geralmente se está referindo ao método de fixar o olhar numa superfície cristalina e brilhante, como um espelho, um cristal ou uma superfície coberta por água, e, através de um estado de percepção alterado, ver imagens se formarem no objeto.

No próximo post, colocarei algumas técnicas de adivinhação para vocês praticarem. Acho que esse sistema de expor a teoria e depois colocar o conhecimento em prática é bem pertinente, espero que vocês também o achem. 

FONTES CONSULTADAS: Bruxaria Hereditária e Os Mistérios Wiccanos, ambos de Raven Grimassi. 

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Advertência

O uso das técnicas, rituais e conhecimentos adquiridos no Além do Físico é de responsabilidade única e exclusivamente sua, caro leitor. Não me responsabilizo, em nenhum nível, pela má utilização de tais ferramentas mágicas e espirituais.

Quem sou eu

Minha foto
Faço Psicologia na USP, tenho 22 anos, sou bruxo, magista e médium, sempre em busca das verdades espirituais. Encontro prazer imenso na leitura, que nos possibilita viajar através de dimensões, espaço e tempo num folhear de páginas.

Postagens populares

Seguidores

Visitas

Qual a sua relação com o Mundo Não-Físico?

Google Analytics Alternative