Além do Físico

"Há mais coisas entre o céu e a terra do que supõe vossa vã filosofia"

Pesquisar





Esta é uma outra garrafa de bruxa, descoberta em 2009 num sítio arqueológico no Condado de Sttafordshire, Inglaterra.

Um raro discernimento sobre crenças populares dos bretões do século XVII foi obtido a partir da análise de uma "garrafa de bruxa" selada desenterrada em Greenwich, Londres, em 2004.

Garrafas de bruxa eram comumente enterradas para proteger de feitiços durante o final do século XVI e no século XVII, mas é muito raro encontrar uma selada.

"Assim muitas tem sido esvaziadas e seu conteúdo desaparecido" , disse Alan Massey, um químico aposentado da Universidade de Loughborough, Reino Unido, que tem examinado os chamados artefatos "mágicos" e a quem foi solicitada a análise do conteúdo da garrafa. "Esta é a primeira a ser aberta científicamente. "

Durante o século XVII, os povos Britânicos culpavam frequentemente as bruxas por qualquer doença ou
infortúnio que sofressem, disse Massey. "A idéia da garrafa de bruxa era lançar o feitiço de volta para a bruxa", ele disse. "A urina e o bulbo da garrafa representavam as lágrimas da bruxa, e a teoria era que os pregos e os alfinetes tortos poderiam piorar a bruxa quando ela passasse sobre a água e a atormentassem tanto que ela poderia receber o feitiço de volta."

O jarro de vidro foi descoberto a uma profundidade de 1.50 m debaixo do chão por arqueólogos da The Maritime Trust, que preserva embarcações à vela históricas. Como ela estava quebradiça, um Raio-X
mostrou alfinetes e pregos presos no gargalo, sugerindo que ela havia sido enterrada de cabeça para baixo.

Mais tarde exames de tomografia computadorizada mostraram que ela estava cheia pela metade com líquido,
cuja análise posterior mostrou ser urina humana. A garrafa também continha alfinetes tortos e pregos, um "coração" de couro perfurado por um prego, aparas de unhas, penugens e cabelo. A presença de sulfeto de
ferro na mistura também sugere que enxofre tinha sido adicionado.

Antes disso, tudo o que nós conhecíamos a respeito do que havia em garrafas de bruxa era o que nós havíamos lido em documentos do século XVII", disse Brian Hoggard, um perito indepentente sobre Bruxaria Britânica que ajudou na análise da garrafa. Esses textos sugerem "receitas" para encher uma garrafa de bruxa, mas não nos diz exatamente o que ia dentro delas.

Enxofre não é mencionado em nenhuma receita que Massey já tenha visto, embora uma garrafa descoberta antes parece conter o que restou de coisas parecidas, ele diz. "Se você pensa de onde o enxofre vinha naqueles dias, ele era vomitado de gases vulcânicos do subsolo. Poderia ter sido o ideal para [matar] sua bruxa, se você quisesse."

Análise posterior da urina mostraram que ela continha cotinina, produto do metabolismo da nicotina, sugerindo que veio de um fumante, enquanto que as raspas de unha parecem ter sido tratadas, sugerindo que a pessoa que criou a garrafa tinha um certo padrão social.

"Esta descoberta está confirmando o que os documentos do século XVII nos dizem sobre essas garrafas, como elas eram usadas e como se pode fazê-las", disse Owen Davies, um especialista em bruxaria da Universidade de Hertfordshire em Hatfield, Reino Unido. "A razão para essas garrafas era a magia simpática - assim você colocava alguma coisa íntima da pessoa enfeitiçada na garrafa e então você colocava alfinetes e outros objetos desagradáveis e venenosos para causar grande dor à bruxa."


Texto de Linda Geddes, tradução por Mario Martinez.

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Advertência

O uso das técnicas, rituais e conhecimentos adquiridos no Além do Físico é de responsabilidade única e exclusivamente sua, caro leitor. Não me responsabilizo, em nenhum nível, pela má utilização de tais ferramentas mágicas e espirituais.

Quem sou eu

Minha foto
Faço Psicologia na USP, tenho 22 anos, sou bruxo, magista e médium, sempre em busca das verdades espirituais. Encontro prazer imenso na leitura, que nos possibilita viajar através de dimensões, espaço e tempo num folhear de páginas.

Postagens populares

Seguidores

Visitas

Qual a sua relação com o Mundo Não-Físico?

Google Analytics Alternative