Além do Físico

"Há mais coisas entre o céu e a terra do que supõe vossa vã filosofia"

Pesquisar





 

Para Lughnasad surgem
os primeiros frutos do grão,
John Barleycorn é arrancado
Mas cresce novamente
O Carvalho é a porta de maravilhas:
O Ramo Dourado carrega.
O fogo de Lammas parte
As preocupações e as tristezas.





Lughnasad (significa Jogos de Lugh), tradicionalmente em 1° de agosto (no Hemisfério Norte, no Sul, em 1° de fevereiro), mas astrologicamente muitos dias depois (a 15 graus de Leão), recebe o nome de Lugh, um deus solar irlandês. Era tradição realizar festivais nesse período. Essa bênção dos primeiros frutos, que marca o início do "Outono pesaroso da Terra:", como disse Emer a seu marido CuChulain, é também chamado de Bron Trogain ("Início da Colheita") ou Lammas ("A Massa de Lugh"). Como a festa do pão, é comemorado assando os primeiros pães dos primeiros grãos a serem colhidos; o pão representa o corpo do Deus decaído.
Lughnasad, atigamente um festival de um mês realizado na Irlanda, em Teltown, às margens do rio Boyne (que recebeu o nome da deusa vaca Boann, "Aquela das pegadas brancas", ou seja, a Via Láctea", é tradicionalmente celebrado com jogos competitivos entre homens e meninos. Os vencedores são declarados campeões e responsáveis pela defesa da aldeia. Este é um festival dedicado à energia masculina; os sacerdotes representam o Homem Vermelho e o Homem Verde e lideram equipes opostas. Os jogos Tailteanos irlandeses eram feitos, originalmente, em honra à Tailtiu, mãe de Lugh; mas outros jogos masculinos competitivos de força e habilidade também eram feitos tradicionalmente nessa época, incluindo as Olimpíadas, os Jogos Panatéicos, os jogos das Highlands e a temporada moderna de futebol americano. Também é um período de iniciações masculinas. Esse festival foi cristianizado como "Loaf Mass" (missa do pão).

FONTE: Grimório para o Aprendiz de Feiticeiro, Oberon Zell-Ravenheart
------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Pieter Brueghel, Os ceifeiros, séc XVI


Este é o primeiro dos três Sabbaths da colheita. O Deus já dominou o mundo das trevas e agora passará por leves mudanças, seu poder está declinando com o passar dos dias. Por isso, o honramos e agradecemos pela energia dispensada sobre as colheitas.
O dia é comumente associado a Lugh, Deus Celta do Sol. Lughnasad era tipicamente uma festa agrícola, onde se agradecia pela primeira colheita do ano. Lugh é o Deus Sol. na Mitologia Celta, ele é o maior dos guerreiros, que derrotou os Gigantes, que exigiam sacrifícios humanos do povo.
A tradição pede que sejam feitos bonecos com espigas de milho ou ramos de trigo representando os DEUSES , que nesse festival são chamados Senhor e Senhora do Milho. Nessa data deve-se agradecer a tudo o que colhemos durante o ano, sejam coisas boas ou más, pois até mesmo os problemas são veículos para a nossa evolução.

O outro nome do Sabát é Lammas, que significa "A Massa de Lugh". Isso se deve ao costume de se colher os primeiros grãos e fazer um pão que era dividido entre todos. Os membros do Coven devem fazer um pão comunitário, que deverá ser consagrado junto com o vinho e repartido dentro do círculo.
O primeiro gole de vinho e o primeiro pedaço de pão devem ser jogados dentro do Caldeirão, para serem queimados juntamente com papéis, onde serão escritos os agradecimentos, e grãos de cereais.
O boneco representando o Deus do milho também é queimado, para nos lembrar de que devemos nos livrar de tudo o que é antigo e desgastado para que possamos colher uma nova vida. O Altar é enfeitado com sementes, ramos de trigo, espigas de milho e frutas da época.

FONTE: Old Religion

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Advertência

O uso das técnicas, rituais e conhecimentos adquiridos no Além do Físico é de responsabilidade única e exclusivamente sua, caro leitor. Não me responsabilizo, em nenhum nível, pela má utilização de tais ferramentas mágicas e espirituais.

Quem sou eu

Minha foto
Faço Psicologia na USP, tenho 22 anos, sou bruxo, magista e médium, sempre em busca das verdades espirituais. Encontro prazer imenso na leitura, que nos possibilita viajar através de dimensões, espaço e tempo num folhear de páginas.

Postagens populares

Seguidores

Visitas

Qual a sua relação com o Mundo Não-Físico?

Google Analytics Alternative