Além do Físico

"Há mais coisas entre o céu e a terra do que supõe vossa vã filosofia"

Pesquisar





Algumas pessoas desinformadas assustam-se ao ouvir a palavra "Bruxaria", lembrando logo de sacrifícios de sangue e atrocidades ritualísticas. É claro que não fazemos nenhum dos dois, mas nossos antepassados faziam o uso de sangue de animais ou humanos para conseguir realizar seus propósitos mágicos. Hoje, algumas linhas do Candomblé [mas com objetivos sagrados, respeito com os animais, eles não fazem pior do que quem mata um boi para comer], satanistas extremistas e alguns poucos magos ainda o fazem, mas não os bruxos - pois respeitamos a Vida e a Natureza como sagradas e temos outras fontes de poder. Mas porque usar sangue?


O sangue é o fluído vital dos animais e está intimamente ligado com o fluído etérico que caracteriza um ser como vivo. O sistema circulatório é paralelo ao sistema de canais energéticos dos corpos sutis, podendo-se dizer que correm pelos mesmos caminhos. Por isso ele representa uma fonte rápida e poderosa de energia; o simples ato de derramar sangue já libera poder para uma operação mágica razoável e o mago só precisa controlá-lo, ao invés de gerá-lo. Além disso, para usos "obscuros", magistas inescrupulosos e frios fazem com que o animal sacrificado tenha uma morte dolorosa e agonizante, acrescentando uma carga extra de energia de medo, terror e dor, que será transmitida a alguém. Às vezes é oferecido à entidades e Deuses obscuros em troca de favores espirituais.

O sangue humano quase não é utilizado para os usos acima. Normalmente tem o propósito de estabelecer um laço mágico com o "doador" e um objeto, como nas operações de Voodoo - na qual um boneco é feito com material natural, no qual integra-se "partes" da pessoa, como unha, cabelo, jóias, roupas e, é claro, sangue.
Também é ingrediente de poções de amor (sangue menstrual - entrando na categoria de Magia Sexual, junto com o uso de sêmen), condensador fluídico para consagração de instrumentos ritualísticos e estabelecimentos de pactos. O sangue é também um meio de se conectar com os Ancestrais e dos dons que eles nos transmitiram hereditariamente.


CONTEXTO HISTÓRICO: Os astecas acreditavam que precisavam fazer sacrifícios de sangue para que o sol não morresse e deixasse de nascer. A Deusa Sedna teve os dedos cortados, e do sangue que saiu de seus dedos nasceram os animais marinhos.
A palavra blessing (abençoar) deriva do inglês arcaico blestain, primitivamente blodswean, cujo significado é abençoar com o sangue derramado.
A menstruação sempre foi valorizada como substancia dotada de poderes fertilizantes e curativos. Durante a Idade Média acreditava-se que dela poderia originar-se criaturas tidas como demônios. Dizem que bruxas da Tessália possuíam a capacidade de envenenar seus inimigos durante um eclipse lunar, valendo-se apenas da primeira menstruação de uma virgem.


Como já foi discutido em uma postagem anterior sobre vampiros psíquicos, pouquíssimos de fato "bebem" sangue, pois lhes basta a energia etérica pura, que sugam ao estabelecer contato físico ou mental com a vítima. No entanto, psi vamps, quando relacionam-se entre si, podem oferecer uma amostra de seu sangue ao parceiro, que o carrega consigo como símbolo de que a energia vital da pessoa lhe pertence. Entretanto, há uma doença chamada porfíria, que caracteriza ausência de enzimas no sangue do portador. Com a evolução da doença, ele adquire hipersensibilidade ao Sol e deformações cutâneas. Antigamente, houve relatos de que estes doentes atacavam pessoas para beber o seu sangue e beneficiar-se de suas enzimas. Atualmente há casos semelhantes, mas que na maioria das vezes devem-se mais à distúrbios psiquiátricos.


ADVERTÊNCIAS: Recomendo veementemente que nunca utilize sangue de animais ou de humanos em rituais. É um desrespeito à vida e sinal de preguiça, pois o bruxo/mago pode gerar o mesmo poder com concentração intensa, auxílio de cristais, ervas, energia elemental, solar e lunar. Além disso, existem muitas doenças transmitidas pelo sangue, como a Hepatite C, AIDS, Chagas, Malária, entre outras; sem levar em conta os possíveis riscos de hemorragia. 
LEMBRETE: A BRUXARIA E A WICCA NÃO UTILIZAM SACRIFÍCIOS DE SANGUE EM SEUS RITUAIS, RESPEITAMOS A VIDA! O SANGUE PESSOAL É UTILIZADO USUALMENTE, MAS APENAS PARA PROPÓSITOS PESSOAIS E NEUTROS.

11 comentários:

Muito bom! É um assunto muito pertinente...

é um assunto que todos deveriam saber mais. Gostei

mto interessante!!!

eu li o post e nao sabia q sangue menstrual pode ser usado em poções... engraçado e curioso. muito bom rapaz.

visite-me qnd puder.

http://terza-rima.blogspot.com/

GOSTEI BEM LEGAL INTERESSANTE MSMO :S

Adorei.Pois tirar sangue de uma vida é o mesmo que tirar sua propria puresa de viver...

Certo site de bruxaria publicou o seguinte texto: "Mesmo a Wicca possui sacrifícios de sangue, apesar de alguns serem secretos. Existem os mistérios do sangue que são trabalhados em covens. Não estou dizendo que envolve a morte de animais, mas há o uso do sangue sim, nem que seja somente menstrual, por exemplo."
Isso é verdade? Tenho lido bastante sobre isso e alguns sites, como o seu, desmente o uso de sangue pela Wicca, outros afirmam que é usado secretamente. Como comecei a estudar a pouco tempo não tenho muita certeza de nada, portanto gostaria que me esclarecesse sobre isso. Não gosto de rituais de sangue e não concordaria em fazer parte de um por maior que seja minha fé.

Com a palavra "secretamente", o autor do texto quis se referir às tradições formais de Wicca, como a Alexandrina e a Gardneriana. Não posso afirmar concerteza, por não ser iniciado nelas, mas há ritos que envolvem o uso de sangue sim. Ou do próprio bruxo, ou de uma pessoa com a qual se queira estabelecer um vínculo psíquico, etc. O Sangue menstrual é visto pelas bruxas como um fluido sagrado, e muitas coletam-no em recipientes especiais e ofertam à Terra.
Um costume antigo dentro dos covens, era misturar o vinho do ritual com algumas gotas de sangue (menstrual, mais comumente) da Alta Sacerdotisa, para garantir que todos os bruxos daquele coven reencarnassem juntos na próxima vida.

Bem leagl!!

Muito bom texto, parabéns!

Il fatto che la grande maggioranza della stregoneria ancora oggi fanno utilizzo di sangue per fare rito. La più grande famiglia di stregha del Torino mantiene gli stessi usi e costumi di oltre 1200 anni.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Advertência

O uso das técnicas, rituais e conhecimentos adquiridos no Além do Físico é de responsabilidade única e exclusivamente sua, caro leitor. Não me responsabilizo, em nenhum nível, pela má utilização de tais ferramentas mágicas e espirituais.

Quem sou eu

Minha foto
Faço Psicologia na USP, tenho 22 anos, sou bruxo, magista e médium, sempre em busca das verdades espirituais. Encontro prazer imenso na leitura, que nos possibilita viajar através de dimensões, espaço e tempo num folhear de páginas.

Postagens populares

Seguidores

Visitas

Qual a sua relação com o Mundo Não-Físico?

Google Analytics Alternative