Além do Físico

"Há mais coisas entre o céu e a terra do que supõe vossa vã filosofia"

Pesquisar





Como eu postei anteriormente, amanhã celebra-se Imbolc, o festival da Deusa do Fogo, da Metalurgia, da Cura... Releia o artigo anterior para mais detalhes. Neste, postarei alguns poemas que reuni em meu ritual de Imbolc que realizarei amanhã. Infelizmente não guardei referências bibliográficas ou fontes, mas declaro que não são de minha autoria.



“Eu construo meu fogo hoje
na presença dos Deuses Sagrados do Céu.
na presença de Brigid da forma bonita
na presença de Lugh de todas as belezas
sem ódio, sem inveja, sem ciúmes,
sem medo ou horror de ninguém sob o sol
porque meu refugio é a Mãe Sagrada.
Ó Deuses, acendam o fogo de amor dentro do meu coração,
por meus inimigos, por meus parentes, por meus amigos
pelo sábio, o ignorante, e o escravo
da coisa mais humilde
até o nome mais alto.”

“Senhora dos cabelos trançados!
Guardiã do fogo sagrado!
Venha meus caminhos iluminar!
Meu lar abençoar!

Brigit! Filha do Grande Dagda!
Senhora das fontes sagradas!
Concede-me saúde e paz!
E todo amor de que és capaz!

Que eu saiba honrar tua bênção,
Entregando-te meu coração!
Que eu saiba curar e abençoar
E espalhe amor por onde eu passar!

Assim se faça para sempre.”

Com velas que rebrilham
Lá vem a dama de Imbolc
Com leite e mel que escorre,
Lá se vai a fome invernal
A Macieira em doces flores
Mostra o mistério cinco vezes
O fogo do poder de Brígida
Romperá o controle do Inverno.
  
A noite se ilumina com velas brancas
A escuridão torna-se luz
Tudo muda, tudo gira
É a festa das chamas
Fogo do coração e da mente
Cintilando faíscas
Que dançam no ar
Nos aquecemos com inspiração
Nós derretemos em inocência
A neve do desejo
Brilha por todos nós
Queima dentro de nós
O calor da espiral da vida
O fogo se cria novamente
Brilhando em todos nós
Queimando dentro de nós
Acordar e levantar é uma necessidade
Brilha por todos nós
Queima dentro de nós
Sua vela é a nossa única fonte

Brighid, que a chama sagrada seja preservada
E que nosso espírito assim o seja
Brighid, que sintamos o calor de seu fogo
E possamos ouvir suas verdades através dos nossos corações
Brighid, que sua tocha ilumine nossos caminhos
Que seu calor aqueça nossos lares
Que o seu fogo purifique nossa existência e nos faça saudáveis
Que a Inspiração se transforme em nossa Arte
Que seu seio nos alimente
Agradecemos e Que assim seja e assim se faça!


Ó Deusa Brigid,
Prepara nossas corações
Para que amor possa viver.
No mundo escuro
Deixa-nos sempre ter tua Luz.

Deixa tua capa
cobrir essa família,
No meio do inverno
Deixa teu fogo esquentar.

Nossas vidas são uma vida
Nossos sonhos, um sonho só.
Deixa meu povo dividir na vida
e sempre conhecer tua bondade.

(Ó Mãe de Deuses)
Defenda-nos com teu escudo
Vigia-nos com teu olhos.
Deixa meu povo ser teu povo,
Seja no mar ou na terra.

O cordeiro sempre correrá para a ovelha,
O passarinho sempre chorará por comida,
O bezerro sempre procurará a vaca,
A Brigid sempre será conosco.


No domingo, dia 1° de agosto, comemoramos Imbolc no Hemisfério Sul.



Também conhecido como Imbolc (que significa "na barriga"), Oimelc (que significa "leite de ovelha"), Dia da Senhora, Lupercália, Midsummer's Eve e Candlemas (nome cristianizado); é o Festival do Fogo que celebra a chegada da Primavera. O aspecto invocado da Deusa nesse Sabbat é o de Brígida, a deusa celta do fogo, da sabedoria, da poesia e das fontes sagradas. Ela também é deidade associada à profecia, à divinação e à cura.

Esse Sabbat representa também os novos começos e o crescimento individual, sendo o "afastamento do antigo" simbolizado pela varredura do círculo com uma vassoura, ou vassoura da bruxa, tradicionalmente realizado pela Alta Sacerdotisa do Coven, que usa uma brilhante coroa de 13 velas no topo de sua cabeça. É um festival de luz e fertilidade, celebrado nos tempos antigos com uma procissão à luz de archotes para purificar e fertilizar os campos antes da estação do plantio das sementes e para glorificar as várias deidades e os espíritos associados a esse aspecto, agradecendo-lhes.

O Festival Celta da Luz Crescente também é chamado Brigantia. Dentre os costumes desse festival, estão a fabricação de uma cama de Brigite e de uma boneca de Brigite para dormir nela. Seu festival marca o início da estação do pastoreio e do cultivo. Oposto à celebração masculina de Lughnasad, Imbolc é celebrado com mistérios femininos e ritos de passagem para a mulher. É um período de iniciação diânica e celebração da fraternidade entre irmãs.

Não deixe de celebrar essa data, seja sozinho ou com os amigos, num ritual elaborado ou numa simples prece à Brigith. Nas próximas postagens, escreverei mais sobre o simbolismo de Brigit e alguns poemas em sua homenagem.
Segue dois modelos de rituais, os quais você pode adaptar ou seguir à risca:

Ritual de Imbolc


FONTES: Círculo Sagrado.com
Bruxaria.net
Grimório para o Aprendiz de Feiticeiro


 Grande Deusa da Noite, cuja voz ouve-se no vento, que sopra em seus Filhos o sopro da vida. Escutai-me: preciso de vossa força e sabedoria.
Fazei que eu caminhe na beleza e que meus olhos contemplem o pôr do sol vermelho e roxo que vem antes de vossa noite. Fazei com que minhas mãos respeitem todas as coisas por ti criadas e que meus ouvidos se agucem para ouvir tua voz. Fazei-me sábio para que eu possa entender as coisas por vós ensinadas ao seu povo.
Ajudai-me a manter a calma e a força em face de tudo que vier pela frente. Fazei-me aprender as lições por vós guardadas em cada folha e em cada pedra. Ajudai-me a procurar pensamentos puros e a agir com intenção de ajudar os outros. Ajudai-me a ter empatia sem me deixar tomar pela compaixão.
Deixai-me sempre pronto para vós com mãos limpas e olhos claros. Para que assim, quando a vida se for, como o sol se vai ao entardecer, meu espírito possa vos encontrar sem nada a se envergonhar.
Abençoada seja!
 ***********************************************************************
NOTAS: 
 Esta é uma prece encontrada no livro Marcada, de P.C. Cast e Kristin Cast. É um livo que recomendo, pois mistura um universo de vampiros aliado com magia e bruxaria, embora essa conotação pagã não seja tão explícita. Veja a sinopse, preço e outros detalhes aqui.
 Os cherokees são um povo ameríndio da América do Norte, tribo da nação iroquois que, até o século XVI, habitavam o actual território do leste dos Estados Unidos, até serem expulsos para o Planalto de Ozark. Nos EUA, são conhecidos como uma das "Cinco Tribos Civilizadas".

UM POUCO MAIS SOBRE ENERGIA

Para fazer magia a energia é essencial. Sem energia não há magia. Como dito anteriormente a força necessária para a magia está disponível em todos os lugares e coisas, mas em alguns momentos a energia pessoal será necessária para realizar alguns propósitos. Isto acontece quando precisamos fazer magia rapidamente, para as diversas necessidades básicas diárias. No entanto, isto não é uma boa idéia porque nosso reservatório de energia é limitado e o uso indiscriminado desta fonte pode levar-nos ao cansaço e até mesmo ao esgotamento físico.
Há basicamente 2 formas de restaurar nosso poder pessoal quando nossa fonte de energia se esgotar. Isto pode ocorrer através do descanso e da absorção energética de força vital proveniente de algum reservatório natural como uma pedra, árvore, solo, etc.
Descansar é um processo natural de recuperação de energia. Fazemos isso todos aosdias ao dormir ou ler um livro que nos dê prazer, por exemplo. Descansar é vital mas muitas vezes pode ser um método demorado de restabelecimento energético. A segunda alternativa então é absorver energia de fontes naturais. Tudo o que tem energia pode nos fornecer energia: comida, água, os 4 elementos, etc. Isto também inclui cantar, ouvir música, dançar ou praticar qualquer atividade física.
Quando sentir que seu reservatório energético encontra-se esgotado, abrace uma árvore ou ande descalço por algum tempo, sentindo a energia pulsante abaixo dos seus pés. Sinta esta energia entrando dentro do seu corpo e restaurando sua alma e corpo. Em pouco tempo perceberá que estará completamente reenergizado.
Preferencialmente utilize uma pedra, ervas, vela ou qualquer outra fonte natural de energia para fazer magia.



ATERRANDO O PODER

Às vezes rituais, meditações e visualizações podem nos deixar meio “fora de órbita” por causa da energia mágica elevada ou criada que pode muitas vezes ser maior do que o necessário.
Continuar com esta sobrecarga energética pode ser muito prejudicial, causando-nos um sentimento de desconforto, dores de cabeça e outras sensações desagradáveis que podem atrapalhar nossas atividades diárias.
Por este motivo ao final de cada prática ritualística ou mágica você deve aterrar o poder.
Isto é feito facilmente sentando-se no chão e conectando-se com a energia telúrica através dos pés e mãos. Sinta o desconforto dentro de você aos poucos ser puxado para o interior da Terra como um imã.
Permaneça neste estado por alguns minutos até se sentir forte e equilibrado novamente.

Fonte: Wicca para Todos, Claudiney Prieto (disponibilizado pela internet gratuitamente)

A Wicca não é algo que simplesmente fazemos. Ela é uma forma de vida, um estado mental e acima de tudo um estado de ser.
Obviamente este sentimento não se apresenta automaticamente e leva muita dedicação etrabalho para que se manifeste plenamente em nós.
No entanto, isto pode ser agradável quando fazemos de nossa vida um verdadeiro ritual, tornando sagrado tudo o que fizermos. Cada ato diário pode ser transformando em um ritual, capaz de nos conectar com o Sagrado e preencher nossa vida com paz, harmonia, saúde e felicidade.

O ATO DE ABENÇOAR-SE

Tente se abençoar todos os dias como uma forma de se conectar com a Deusa e com o Deus. Isto pode ser feito a cada manhã ou noite antes de dormir. Se você agir desta forma, em breve estará vendo as coisas diferentemente e irá perceber os Deuses nas pequenas e grandes coisas de sua vida. Para abençoar-se toque cada parte do corpo, enquanto diz:
"Deusa e Deus me abençoe, pois sou seu Filho.
Abençoe os meus pés que conduzem os meus caminhos
Abençoe o meu coração, para que eu possa sentir o seu amor e luz brilhando em mim
Abençoe os meus olhos para que eu veja a sua beleza
Abençoe minha mente, para que eu possa conhecer sua verdade
Abençoe o meu corpo, para que eu possa ser preenchido com o espírito da vida
Me abençoe com a sua presença neste dia Deusa e Deus, pois sou seu filho."
Sinta-se livre para modificar este exemplo de auto-bênção.
Você pode acrescentar frases diferentes à cada dia, incluindo outros termos ou palavras
que expressem suas necessidades.

VENDO O SAGRADO NO MUNDANO

Procure se conectar diariamente com os elementos da natureza, pensando neles e identificando a sua presença em seu dia a dia. Sinta a água todas as vezes que tomar banho ou beber um suco. Sinta o elemento ar quando ver as nuvens no céu ou os pássaros voando. Sinta o fogo quando sentir os raios do sol e o seu calor, perceba o poder da terra enquanto caminha indo ao seu trabalho ou escola.
Veja o Sagrado no mundano e torne sua vida muito mais mágica.

COZINHANDO MAGICAMENTE

Quando estiver cozinhando algo para sua família, amigos ou para você mesmo haverá a oportunidade de colocar sua própria energia para abençoar este alimento, para trazer mudanças positivas a todos aqueles que se alimentarem dele.
Não cozinhe a menos que você esteja tranqüilo, em paz consigo mesmo e de bom humor, caso contrário sua energia negativa pode ser transmitida para o alimento que você está preparando.
Deixe que a função de cozinhar se transforme em um ato de amor, cura e harmonia. Enquanto prepara o alimento direcione sua energia para ele desejando saúde, sucesso e equilíbrio para todos aqueles que se alimentarem dele. Conforme for usando o fogo para aquecer (fogo), a água para fazer o molho (água), as ervas para temperar (terra) e puder sentir o seu maravilhoso aroma (ar), peça que o espírito destes elementos unam-se nesta obra alquímica e juntem as bênçãos deles às suas.
Assim você estará transformando o alimento de sua família em pura magia.

ABENÇOANDO O ALIMENTO

Como Wiccaniano você deve ser consciente de onde sua comida vem.
Todas as vezes que for comer, visualize de onde sua comida veio e todo o processo que ela passou até chegar a você. Não esqueça ninguém que possa ter estado envolvido neste processo de trazer a comida até sua mesa.

Se quiser faça um pequeno ato de agradecimento aos Deuses por seu alimento,
colocando suas mãos sobre ele em forma de bênção enquanto diz:
"Deusa e Deus
Somos agradecidos pelas sementes que crescem
Pelo leite, pelos ovos e carnes
Pelas vidas que são sacrificadas para nos alimentar
Por todos os que plantam
Por todos os que colhem e ordenham
Pelo sol, chuva, vento e terra
Agradecemos a todos os que foram importantes para que este alimento estivesse sobre
nossa mesa neste momento.
Abençoados sejam!"
Esta bênção pode ser modificada de acordo com a sua vontade.
Enquanto abençoa seu alimento visualize cenas que lembrem as palavras que você
profere.

RITUALIZANDO O SEU BANHO


O banho é um ritual diário feito na maioria das vezes de forma ordinária e sem preocupação. Torne o seu banho um ato mágico, acrescentando uma meditação como parte desta rotina diária. Se você não pode tirar 15 minutos do seu dia para meditar, o banho pode tornar-se o lugar perfeito para isso acontecer.
Ao ligar o chuveiro, deixe a água escorrer pelo seu corpo relaxando todos os seus músculos. Feche os olhos por alguns instantes e visualize pedras acima do seu chuveiro, árvores ao seu redor. Transforme o seu chuveiro em sua cachoeira particular e deixe que suas águas purifiquem e renovem o seu ser.
Se você tiver uma banheira, adicione algumas pitadas de sal em seu banho juntamente com algumas gotas do seu perfume predileto ou óleo essencial que mais gostar. Transforme a sua banheira em sua fonte sagrada de renovação, invocando a força curadora e renovadora da água.

FONTE: "Wicca para Todos", de Caludiney Prieto (livro gratuitamente disponível na Internet pelo autor)

Covens são grupos de bruxos que se reúnem para fazer rituais. Mas vai muito além, são como famílias, onde se estabelecem profundos laços espirituais, emocionais, psíquicos e até kármicos. Geralmente são formados por 13 pessoas ou menos (quando ultrapassa esse número, o coven divide-se em clãs), que se reúnem regularmente para estudar Bruxaria, desenvolver seus poderes psíquicos, fazer feitiços, promover a cura, celebrar os Sabbats e Esbats e treinar novatos nos mistérios da Arte.
Covens são datados desde a Antiguidade, quando era comum que pessoas de uma mesma família formassem um grupo de caráter religioso. Durante a Idade Média, com a Inquisição, eles se tornaram mais discretos e unidos para perpetuar a Arte, e os líderes - sacerdotes e principalmente sacerdotisas - eram os que sofriam os piores castigos.
Para entrar em um grupo destes, é necessária a indicação de um bruxo Iniciado e o comum acordo entre todos. O candidato é orientado por uma pessoa para estudar os principios básicos da Bruxaria, desenvolver os requisitos básicos de manipulação energética e adaptar-se à dinâmica do grupo. Após seu treinamento (que geralmente é de 1 ano e 1 dia, variando de Tradição para Tradição), ele é Iniciado em um ritual especial, onde lhe são revelados os segredos do Coven e seu poder interior é despertado.
Um Coven mantém um Livro das Sombras, onde registra todos os rituais, exercícios, celebrações e demais aspectos de seu funcionamento e seus membros têm acesso a ele, de onde retiram material para os seus próprios Livros das Sombras.
Desde o ressurgimento do Paganismo com Gardner, muitos bruxos têm se reunido para perpetuarem os Antigos Ensinamentos juntos, mas praticantes solitários são numerosos e sua conduta igualmente válida. Na Bruxaria Tradicional, onde a Arte é disseminada hereditariamente, Covens formam sólidas estruturas que permanecem ativas por muitas gerações. Entre os seus membros, deve haver "amor e confiança perfeitos", que são as suas metas. Eles precisam conhecer-se profundamente e partilhar tudo em grupo, inclusive, muitos covens em sua prática, realizam rituais "vestidos de céu" (nus). Além de permitir o livre fluxo de energia, a nudez serve para derrubar todas as máscaras do Ego e revelar o self profundo, nossa criança interior (inconsciente), pois é ele o verdadeiro responsável pela magia acontecer.
Existem covens formados exclusivamente por mulheres, atualmente, da Tradição Diânica por exemplo (que enfatiza muito mais o princípio criador feminino - a Deusa), por homens (raro) e mistos. É interessante equilibrar as energias polarizadas para estabelecer uma completude entre os opostos.
Atualmente, além de covens, têm se formado grupos menos íntimos, denominados "círculos". Geralmente seus integrantes compartilham apenas suas vidas mágicas, podendo posteriormente, vir a integrar um coven.
Pode ser difícil achar um grupo já estabelecido com o qual você se identifique, apesar de a prática solitária ser perfeitamente aceitável, é muito divertido ter com quem compartilhar as experiências, além de que certas técnicas só funcionam com a força de várias pessoas. Você mesmo pode fundar um coven ou um círculo (embora eu saiba, por experiência própria, que não é fácil, ainda não encontrei pessoas realmente interessadas na Arte) ou continuar seu Caminho sozinho até que ele cruze com o de outras pessoas. Boa sorte!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Advertência

O uso das técnicas, rituais e conhecimentos adquiridos no Além do Físico é de responsabilidade única e exclusivamente sua, caro leitor. Não me responsabilizo, em nenhum nível, pela má utilização de tais ferramentas mágicas e espirituais.

Quem sou eu

Minha foto
Faço Psicologia na USP, tenho 22 anos, sou bruxo, magista e médium, sempre em busca das verdades espirituais. Encontro prazer imenso na leitura, que nos possibilita viajar através de dimensões, espaço e tempo num folhear de páginas.

Postagens populares

Seguidores

Visitas

Qual a sua relação com o Mundo Não-Físico?

Google Analytics Alternative