Além do Físico

"Há mais coisas entre o céu e a terra do que supõe vossa vã filosofia"

Pesquisar






Pérsia (539-331 a.C.)

A palavra magia vem dos sacerdotes zoroastristas da antiga Pérsia; eram chamados de magos. Eles atingiram seu apogeu durante o período do Império Persa (539-331 a.C.). Seguidores de Zoroastro (nascido por volta de 570 a.C.), os magos eram famosos por seus poderes de cura e adivinhação - especialmente a Astrologia. Eles acreditavam que o Cosmos era vivo e divino; e reverenciavam os planetas, as estrelas e outros corpos celestes. Também honravam os quatro Elementos - Terra, Ar, Fogo e Água. Ahura Mazda era o deus zoroástrico da bondade, da sabedoria e da verdade, e seu oposto era o maléfico Ahriman. As crenças zoroastristas causaram um efeito profundo no Judaísmo de modo especial no que diz respeito às questões da vida depois da morte - e essas idéias foram transmitidas ao Cristianismo. O Zoroastrismo continua a existir hoje na fé dos países da Índia e do Irã.

Arquitetura do Império Persa



Grécia (480-323 a.C.)

Os gregos desenvolveram um sistema e uma filosofia de magia que sofreram forte influência dos conceitos importados do Egito, do Oriente Médio e da Ásia. O deus grego da Magia era Hermes, do qual se originou o nome Magia Hermética. Assim como os egípcios, os gregos dividiam a Magia em duas classes: Alta e Baixa. No mundo greco-romano, as forcas mais influentes eram os Oráculos, dedicados a vários deuses. Nesses sítios antigos, sacerdotes especialmente treinados apresentavam respostas ambíguas às perguntas. Também, durante esse período, diferentes formas de adivinhação estavam em uso constante, mais notadamente a que consistia em examinar as entranhas (principalmente o fígado) de animais abatidos para discernir o desejo dos deuses. A Grécia também foi o lar de muitos mistérios iniciáticos significativos, e os mais conhecidos eram os de Elêusis, que apresentavam a história da deusa dos grãos, Deméter; sua filha Kore, a donzela da flor e Hades, Senhor do Submundo, que rapta Kore em cada outono para torná-la Perséfone, sua noiva e rainha.
Hermes, deus grego da Magia

0 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Advertência

O uso das técnicas, rituais e conhecimentos adquiridos no Além do Físico é de responsabilidade única e exclusivamente sua, caro leitor. Não me responsabilizo, em nenhum nível, pela má utilização de tais ferramentas mágicas e espirituais.

Quem sou eu

Minha foto
Faço Psicologia na USP, tenho 22 anos, sou bruxo, magista e médium, sempre em busca das verdades espirituais. Encontro prazer imenso na leitura, que nos possibilita viajar através de dimensões, espaço e tempo num folhear de páginas.

Postagens populares

Seguidores

Visitas

Qual a sua relação com o Mundo Não-Físico?

Google Analytics Alternative