Além do Físico

"Há mais coisas entre o céu e a terra do que supõe vossa vã filosofia"

Pesquisar





Hebreus (1630-587 a.C.)

Embora a rígida lei judaica proibisse todas as práticas de adivinhação e bruxaria, duas das maiores figuras do Antigo Testamento - Moisés e Salomão - também são listados entre os maiores Feiticeiros de todos os tempos. Acredita-se que Moisés estabeleceu uma escola secreta de Magia chamada Mistérios do Tabernáculo. Os cinco primeiros livros da Bíblia (o Pentateuco) são conhecidos entre os judeus como a Tora ("Lei") e acredita-se que eles foram escritos pelo próprio Moisés. Com suas regras elaboradas e instruções detalhadas, acredita-se que eles traziam alegorias simbólicas e parábolas. A chave para o simbolismo contido neles, segundo a escola Mistérios do Tabernáculo, constitui a Cabala judaico.
Salomão foi o rei de Israel no século X a.C. c o construtor do Grande Templo. Conhecido por sua sabedoria e riqueza, e por seu reinado longo e próspero, Salomão se destacou na lenda como um mestre feiticeiro. As lendas talmúdicas contam como o sábio monarca exercia domínio sobre os animais do campo, os pássaros do céu, e comandava demônios e espíritos sobrenaturais com o poder de seu anel mágico. A lenda conta que ele empregou demônios na construção do Templo, e sua sabedoria derivava desses demônios e de outros habitantes do mundo invisível. A Chave de Salomão e outros textos mágicos foram atribuídos a ele. Segundo os eruditos judeus talmúdicos, Salomão dominava os mistérios da Cabala. Ele também era conhecido como alquimista e necromante.

Rei Salomão

Babilônia (612-538 a.C.)

O nome Babilônia significa "Portão dos Deuses". Os babilônios se especializaram em Astronomia, Astrologia e Matemática. Ainda hoje usamos seu sistema numérico. Eles mantinham registros precisos dos movimentos planetários e eventos cósmicos como eclipses, cometas novas, movimento planetário retrógrado, etc. Os babilônios também criaram incontáveis variedades de sigilos, amuletos, encantamentos e talismãs místicos que continuam a ser usados pelos magos modernos. O sacerdócio babilônio era instruído e secreto. Eles acreditavam que todas as doenças eram causados pela insatisfação dos deuses. Rituais longos e complexos eram realizados apenas para pessoas ricas e de importante posição social, por sacerdotes de alto nível do Templo do estado. Nos templos "Inferiores", ficavam as estátuas para culto, em que a divindade residia e era venerada.

 A Porta de Ishtar, dedicada à deusa da fertilidade.

2 comentários:

Este comentário foi removido pelo autor.

Salomão foi um grande homem mas em sua vida ele deve ter conseguido produzir em deus deus pai uma grande insatisfação pois recorreu a anjos caídos o mesmo foi enganado por lúcifer mas o proposito deste comentário e como rei do povo de deus ele recorreu a deuses pagãos e não ao deus todo poderoso . devemos sempre nos dirigir a deus em primeiro lugar em segundo e terceiro simples né basta ter fé temos em tantas outras coisas por que não no deus vivo que reina eternamente.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Advertência

O uso das técnicas, rituais e conhecimentos adquiridos no Além do Físico é de responsabilidade única e exclusivamente sua, caro leitor. Não me responsabilizo, em nenhum nível, pela má utilização de tais ferramentas mágicas e espirituais.

Quem sou eu

Minha foto
Faço Psicologia na USP, tenho 22 anos, sou bruxo, magista e médium, sempre em busca das verdades espirituais. Encontro prazer imenso na leitura, que nos possibilita viajar através de dimensões, espaço e tempo num folhear de páginas.

Postagens populares

Seguidores

Visitas

Qual a sua relação com o Mundo Não-Físico?

Google Analytics Alternative