Além do Físico

"Há mais coisas entre o céu e a terra do que supõe vossa vã filosofia"

Pesquisar






Os Druidas (600 a.C. - 500 d.C.)

Entre a Gália e as Ilhas Britânicas, os druidas eram a casta sacerdotal instruída dos povos celtas. Dru  significa “Verdade”, como em “Conhecedor da Verdade”. O título também pode ter uma ligação com carvalho e é algumas vezes empregado com o significado "sacerdote do carvalho". Os druidas consideravam o fogo e a água como o material básico original para criação; e as árvore eram sagradas, assim como as pedras, os animais, pássaros, plantas e os espíritos invisíveis do Outro Mundo. Eles honravam os Deuses e Deusas dos povos celtas e celebravam os festivais de - Beltane, Lugnasadh, Samhain e Imbolc. Eram homens e mulheres cujas habilidades incluíam a codificação de leis, a solução de disputas, as artes bardas, curas, relatos de histórias sagradas, genealogia, Matemática, Astronomia, adivinhação, Filosofia, política, ensino, administração da justiça, rituais e trabalhos de magia. Os druidas tornavam legítima presidiam a coroação dos Reis Supremos da Irlanda em Tara.
A cultura celta originalmente se fundiu com a Europa oriental (área do Mar Negro, a bacia do Danúbio), movendo-se sempre para o oeste. Por mais de mil anos, a religião e a cultura celtas se expandiram por quase toda a Europa, das margens ocidentais da França e da Grã-Bretanha ao Mar Negro; e da Alemanha para o norte da Espanha e da Itália. Os druidas e sua religião foram, portanto, os antepassados da Europa, como a conhecemos. Eles sofreram uma forte perseguição do governo romano, mas Roma jamais chegou à Irlanda nem ao norte da muralha de Antonino da Escócia; e os druidas persistiram em muitas áreas. As escolas bardas continuaram a existir até o século XVII.



Roma (735 a.C. 455 d.C.)

Um dos principais deuses romanos da Magia era Mercúrio, o mensageiro dos deuses. Os romanos empregavam feitiçaria e contrafeitiçaria para derrotar inimigos e progredir política e materialmente. Embora a feitiçaria fosse popular entre o povo, a prática privada dela era muito temida pelas autoridades e rígidas leis contra ela foram aprovadas. A Lei Corneliana proclamava: "Adivinhos, encantadores e aqueles que fazem uso da feitiçaria para propósitos maléficos, aqueles que conjuram demônios, que perturbam os elementos, que empregam imagens de cera de modo destrutivo serão punidos com a morte. Essa mesma atitude foi preservada pela igreja cristã medieval.
 

3 comentários:

Me interesso muito sobre essas histórias,por que consigo me conectar a elas!!!! obrigada!!! Sandra.

VISLUMBREI ALGO MAGICO!!!! ESTOU ENCANTADA!!!

Me interesso muito sobre essas histórias,por que consigo me conectar a elas!!!! obrigada!!! Sandra.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Advertência

O uso das técnicas, rituais e conhecimentos adquiridos no Além do Físico é de responsabilidade única e exclusivamente sua, caro leitor. Não me responsabilizo, em nenhum nível, pela má utilização de tais ferramentas mágicas e espirituais.

Quem sou eu

Minha foto
Faço Psicologia na USP, tenho 22 anos, sou bruxo, magista e médium, sempre em busca das verdades espirituais. Encontro prazer imenso na leitura, que nos possibilita viajar através de dimensões, espaço e tempo num folhear de páginas.

Postagens populares

Seguidores

Visitas

Qual a sua relação com o Mundo Não-Físico?

Google Analytics Alternative