Além do Físico

"Há mais coisas entre o céu e a terra do que supõe vossa vã filosofia"

Pesquisar





A maioria das pessoas são categóricas em relação ao oculto e ao paranormal. Extremamente céticas devido à educação prática e objetiva que receberam de seus pais para prepará-los para a dura realidade no mundo físico (que afinal é o único que existe pra eles), só passam a acreditar em certos fenômenos quando este ocorre em suas próprias casas e após esgotarem todas as possibilidades de explicações científicas. E mesmo assim, essas ocorrências só servem para atemorizar, não tiram quase nenhum proveito dessas experiências.
Eu sempre tive mente muito aberta (e até mesmo fantasiosa) quanto à fenômenos psíquicos e espirituais, ou seja, acredito em quase tudo que tenha uma base coerente. E digo-lhes, para seu choque, que muito do que se vê em filmes e ouve-se em lendas urbanas é real. Mas atento ao fato de que são muito raros e bem menos impactantes do que no cinema.
Vamos lá: assombração, posso lhes dizer que existe, mas não é nada comum e tem três maneiras de se manifestar. Pode ser um espírito perturbado ou com más intenções que provoca barulhos estranhos e às vezes deslocamento de objetos, mas para isso, uma das pessoas da casa em que está deve ser um médium (mesmo que não saiba disso), porque o espírito precisa combinar sua energia com a de um humano capacitado para que então se manifeste materialmente (caso contrário, só será visto e ouvido por clarividentes). O segundo tipo de assombração não é bem real, pode ser como uma "impressão" psíquica de algum acontecimento trágico ou o montante de uma mentalização negativa fixa que criou uma egrégora (um ser artificial criado mais comumente por pessoas com predisposição psíquica). E o terceiro caso é um pouco mais comum, é o que se chama de efeito "Poltergeist". Não consiste de um ser natural ou artificial, é apenas um fenômeno telecinético (objetos se deslocam sem serem tocados) ocasionado inconscientemente por uma pessoa que esteja passando por um profundo trauma emocional, muitas vezes quanto à sua sexualidade. Costumam ser adolescentes, em especial, meninas; que liberam "telergia" (tipo específico de energia para afetar o físico).



Se leram com atenção o parágrafo acima, já notaram que citei: espíritos (ou seja, vida após a morte); clarividência; telecinese; egrégoras; e Poltergeist. Agora passaremos para um ponto mais controverso: vampiros e lobisomens. Tais como são visto na midia, definitivamente NÃO existem. No entanto, existem duas doenças que podem ter originado esses mitos: a porfiria (ela torna o doente sensível ao sol, retrai-se a gengiva, parecendo que os caninos ficam maiores, e o seu tratamento exige uma substância do sangue que eles não têm, o que originou o mito de beber sangue. E quanto ao alho, dizem que aumenta os sintomas da doença, por isso eles o temem.) A hipertricose originou os "lobisomens", ela consiste num distúrbio de personalidade, esta que é a de um animal, podendo tomar a forma de um lobo, ou também de gato, leopardo, etc. Especula-se que esta segunda personalidade tome conta da pessoa por influência da Lua.

Um tipo de "vampiro" que realmente existe, mas que não sofre de nenhuma doença e nem tem nenhuma característica física diferente é o psíquico. Ele suga energias alheias. Entrarei com mais detalhes em outro artigo.

Gnomos, fadas e duendes... existem? Bem, sim. São seres astrais, embora possam afetar o mundo físico mais facilmente do que o espírito de pessoas mortas, pois são intimamente ligados à natureza, o que facilita a manifestação. Tais como eles, no Astral (que é uma dimensão menos densa do que a material, é onde ocorre os nossos sonhos) também existem todas as criaturas míticas: dragões, unicórnios, sereias, grifos, hipogrifos e etc. Originam-se da mente das pessoas, desde a Antiguidade, e o pensamento coletivo ao longo de séculos consolidou a sua existência.

Anjos e demônios. Sim, eles também existem. Os anjos são espíritos altamente evoluídos e que prestam assistência à nós humanos. Demônios podem ser espíritos extremamente atrasados, grotescos, e que podem assumir formas animalescas (mas para se manifestarem também precisam de médiuns); ou são criados pelo pensamento coletivo ao longo de anos e anos, caracterizando assim uma egrégora.

Magia, feitiços, encantamentos obviamente existem (e até invisibilidade! pois é, um choque), e mais para a frente eu darei explicações consistentes! E infelizmente, também existe macumba, sortilégios e amarrações...

Estava pensando em algo que definitivamente não exista... Muito difícil. Um tema que nunca teve comprovação foi o teletransporte, mesmo que de pequeníssimos objetos. Só existe em projeção astral - quando uma pessoa transfere sua consciência para o corpo astral - e pode também atravessar paredes, ver em 360°, alterar sua aparência, voar, etc.

Para o artigo não ficar longo e cansativo, paro por aqui. Se lembrarem de mais alguma coisa sobrenatural que tenham dúvida quanto à existência, comentem e eu explicarei. Sei que parece meio delirante afirmar a existência de todos estes fenômenos, mas falo com base em meus estudos, leitura de diversos livros e até mesmo experiências pessoais. Conselho final: abram suas mentes para o que é novo e desconhecido, atrás de uma explicação, tudo fica mais plausível!

8 comentários:

Eu pensava que praticamente tudo que você falou era mentira e lendas!!
E existe tipo um dementador que as energias boas?

"Um tipo de "vampiro" que realmente existe, mas que não sofre de nenhuma doença e nem tem nenhuma característica física diferente é o psíquico. Ele suga energias alheias. Entrarei com mais detalhes em outro artigo."
Sinceramante eu acho que sou isso!!!! D:

ok e findando a ultima barreira, o teletransporte a pouco fora realizado em alguns laboratorios, de poucos atomos ate entao, mas ja é um começo, mt interresant inclusive .... Dani Victor

eu nao tenho uma quantidade baixa de energia mas mesmo assim eu consigo sugar energia alheia, sou um vampiro?
e coisas do tipo voar e andar sobre a agua sao possiveis?

Qualquer pessoa que trabalhe com energia consegue "sugar" energia, de variadas fontes. O que faz um vampiro, é a NECESSIDADE consciente ou inconsciente de se alimentar de energias alheias por não conseguir "metabolizar" o prana natural. É como se a pessoa tivesse um problema de digestão energética e precisasse de energias semi-digeridas. Quanto a voar... hum, não digo que seja impossível, sei que é possível levitar (todo o corpo) ou tornar-se leve e/ou manipular o ar para dar grandes saltos, ou subir uma montanha facilmente. Andar na água, também seria o mesmo mecanismo de voar, mas num patamar menos avançado. Acredito que com o desenvolvimento pleno dos chacras das plantas dos pés e o Raiz, seria sim, possível.
Esse post está bem desatualizado, desde a época em que escrevi, já espandi muuuito meus horizontes. Qualquer hora dessas eu venhoa atualizar.

Quando você fala de Anjos e Demônios não seria uma visão católica da coisa? Veja bem, não entendo muito do assunto, mas o pouco que eu já li foi que Anjos são seres mensageiros, e não levam o nome de Anjo, desculpe mas me lembro muito pouco sobre o que eu li e tenho dúvidas enormes sobre este assunto, por que já li que eles existem como também já li que eles são apenas uma visão católica da coisa. BB

Usei a nomenclatura comum, anjos são entendidos como uma enorme variedade de seres, humanóides ou não. Neste artigo, muito antigo por sinal, não me aprofundei em nenhum dos temas. Só abordei alguns tópicos gerais, com o conhecimento que eu tinha na época. Eu precisava até revisar alguns textos mais antigos pra ver se não andei falando bobagem.

Sim, estava lendo seus posts antigos, é sempre bom revisar o material, nem que seja sempre o básico. E anjos e demônios sempre foi um assunto que me deixou em dúvida. Mas obrigada, seu blog é ótimo!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Advertência

O uso das técnicas, rituais e conhecimentos adquiridos no Além do Físico é de responsabilidade única e exclusivamente sua, caro leitor. Não me responsabilizo, em nenhum nível, pela má utilização de tais ferramentas mágicas e espirituais.

Quem sou eu

Minha foto
Faço Psicologia na USP, tenho 22 anos, sou bruxo, magista e médium, sempre em busca das verdades espirituais. Encontro prazer imenso na leitura, que nos possibilita viajar através de dimensões, espaço e tempo num folhear de páginas.

Postagens populares

Seguidores

Visitas

Qual a sua relação com o Mundo Não-Físico?

Google Analytics Alternative