Além do Físico

"Há mais coisas entre o céu e a terra do que supõe vossa vã filosofia"

Pesquisar





I – O princípio de Mentalismo

"O TODO é MENTE; o Universo é Mental"

Tudo e todos que existem de visível ou oculto funcionam porque fazem parte de um todo. Tudo faz parte da criação de uma mente onipresente, tudo faz parte de um poder total.
O TODO (ou seja a realidade que se oculta em todas as manifestações de nosso universo material) é Espírito, é Incognoscível e Indefinível em si mesmo, mas pode ser considerado como uma Mente Vivente Infinita Universal. Se o Universo é Mental e nós existimos na Mente do Todo, como tais, nós somos seres mentais e criamos com a nossa mente, à imagem e semelhança do Todo, conforme explica o Segundo Princípio.

II – O princípio de Correspondência

"O que está em cima é como o que está embaixo, e o que está embaixo é como o que está em cima".
O Universo se manifesta em variados graus de densidade energética, da grosseira dimensão física até a mais refinada dimensão espiritual superior. Esse é o macrocosmo. O ser humano é um reflexo dele, possui vários corpos sutis além do físico (especialistas divergem quanto ao número, mas são bem conhecidos os corpos: etérico, astral, emocional, mental inferior, mental superior, causal e cósmico - alguns consideram o Espírito com um oitavo corpo, outros dizem que é o Princípio Inteligente inerente a todos os outros). Cada pessoa é um microcosmo, cada corpo sutil interage com a dimensão respectiva no Universo,e tem impacto sobre as demais. A mente está em todos os planos, porque tudo nasceu da mente do Todo. Existe correspondência em toda manifestação do Universo.

III – O princípio de Vibração

"Nada está parado, tudo se move, tudo vibra"

"Desde O TODO, que é puro Espírito, até a forma mais grosseira de Matéria, tudo está em vibração. Quanto mais elevada for a vibração, tanto mais elevada será a posição na escala". (O Caibalion). Este princípio é de fácil entendimento, uma vez que a ciência moderna já demonstrou o constante movimento vibratório dos átomos e dentro destes, das partículas subatómicas. Em nosso Universo, está em constante movimento, isto é, em constante evolução.

IV – O princípio de Polaridade

"Tudo é Duplo; tudo tem pólos; tudo tem o seu oposto; o igual e o desigual são a mesma coisa; os opostos são idênticos em natureza mas diferentes em grau; os extremos se tocam; todas as verdades são meias-verdades; todos os paradoxos podem ser reconciliados"

Tudo tem o seu pólo oposto para o perfeito equilíbrio e funcionamento contínuo do ciclo do universo. Somente os lados opostos uns aos outros conseguem se unir, transformando-se em uma parte do conjunto do universo. Para entender melhor esse princípio é preciso entender o princípio da vibração, pois na polaridade, a diferença entre um lado e outro de qualquer coisa, sentimento ou pensamento é só uma questão de vibração, é simplesmente uma questão de graus. Todos os opostos podem ser reconciliados através do uso consciente da mudança de vibrações. O amor e o ódio, por exemplo, são sentimentos da mesma natureza, portanto são opostos complementares. Não existe amor e ódio absolutos, ambos são apenas dois pólos da mesma coisa. Há coragem e há medo, onde encontrarmos um sentimento, encontraremos seu oposto complementar.

V – O princípio de Ritmo


"Tudo tem fluxo e refluxo; tudo tem suas marés; tudo sobe e desce; tudo se manifesta por oscilações compensadas; a medida do movimento à direita é a medida do movimento à esquerda; o ritmo é a compensação"

Tudo no Universo se manifesta através de ciclos, tudo chega ao seu ponto máximo e logo começa sua vibração para baixo. Todas as coisas nascem, crescem e morrem. Esse princípio nos remete à certeza de que a vida é uma grande roda na qual nos encontramos amarrados. Um dia a roda nos leva para cima e encontramos o ponto máximo de vibração, alegria, bem estar, felicidade. Em seguida começamos o movimento descendente e nossa energia começa a mudar de vibração.


VI – O princípio de Causa e Efeito

"Toda a Causa tem seu Efeito, todo o Efeito tem sua Causa; tudo acontece de acordo com a Lei; o Acaso é simplesmente um nome dado a uma Lei não reconhecida; há muitos planos de causalidade, porém nada escapa à Lei"

Tudo tem relação com uma causa específica, sempre existe uma causa e um porquê para tudo o que acontece em nossas vidas e no Universo como um todo. Tudo o que você faz, pensa, sente toda ação e reação desencadeada por esses pensamentos, atitudes e sentimentos, provocam uma resposta conseqüente e subsequente. Esta lei está diretamente ligada à Lei do Carma, a qual determina novas reencarnações que refletem o que foi feito no passado e o que está sendo feito. Quando controlarmos nossa mente e nossos atos, superaremos a casualidade, e não mais estaremos sujeitos à reencarnação. Mas isto é a meta suprema, estamos infinitamente longe de alcançá-la, portanto, comecemos desde já.

VII – O princípio de Gênero

"O Gênero está em tudo; tudo tem o seu princípio masculino e o seu princípio feminino; o gênero se manifesta em todos os planos"

Tudo e todos têm seu lado feminino e masculino. É assim que o Universo é formado. Masculino possui Feminino e vice-versa. O termo chinês yin-yang considera essa idéia a base para o equilíbrio, tanto em sua característica criativa como objetiva. Estudando este princípio, que nos lembra o princípio de Polaridade, percebemos que o gênero é manifestado em tudo e que o princípio feminino e masculino estão sempre presentes, seja no plano físico que no plano mental e espiritual. No plano físico este Princípio se manifesta como sexo, e nos planos superiores ele tem outras formas de manifestação, mas se mantém igual.

Conclusão

O Homem faz parte do TODO e como tal não pode estar senão intimamente ligado a este, através de suas Leis Universais. 
Ao olharmos o Homem como um Todo harmônico, podemos compreender as razões que o levam à desarmonia, que se manifesta através das doenças físicas ou mentais, dos acidentes e infortúnios, e tentar ‘curá-lo’ proporcionando-lhe assim a chance de um crescimento no âmbito espiritual.
Entender e aplicar estes princípios é um objetivo supremo, para alcançá-lo é necessário muito estudo, meditação profunda e compreensão real do que eles regem. Essa é a tarefa do Iniciado no Ocultismo, no fim da jornada será ele um Grande Mago.

4 comentários:

Gostei da sua conclusão!! Ela realmente resume o que esta escrito ou não?? Fikei com preguiça de ler!! Tô brincando!! =D

Tem uma coisa que está me deixando muito confusa,existe aquele ditado que diz que "os opostos se atraem" e há também os que dizem que "semelhantes atraem semelhantes".Mas qual é de fato verdadeiro?

Ahh como vc pode dizer que estamos infinitamente longe de superar a casualidade e a não reencarnação? se for assim nunca alcançaremos a meta.

Ambos são verdadeiros e funcionam juntos... lembre, o Paradoxo é a Grande Verdade. Os opostos se atraem quando falamos de energias polarizadas (Yin-Yang, Sol-Lua, Homem-Mulher), os semelhantes se atraem por afinidade, em magia simpática e ressonância psíquica.
O magista escolhe com qual princípio quer trabalhar.
Libertar-se da Leia da Causa e Efeito implica em libertar-se da Roda das Encarnações. Infelizmente, isso está mesmo muito distante para nós, mas não impossível.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Advertência

O uso das técnicas, rituais e conhecimentos adquiridos no Além do Físico é de responsabilidade única e exclusivamente sua, caro leitor. Não me responsabilizo, em nenhum nível, pela má utilização de tais ferramentas mágicas e espirituais.

Quem sou eu

Minha foto
Faço Psicologia na USP, tenho 22 anos, sou bruxo, magista e médium, sempre em busca das verdades espirituais. Encontro prazer imenso na leitura, que nos possibilita viajar através de dimensões, espaço e tempo num folhear de páginas.

Postagens populares

Seguidores

Visitas

Qual a sua relação com o Mundo Não-Físico?

Google Analytics Alternative